23 de dezembro, 2016

Cerebelo

internet-la-mente-y-el-cerebro-libertad-y-progreso-1

A mente sente uma inveja danada do coração, enquanto este insiste em dramatizar o que vê pela frente.
Coração fica ajoelhado pela casa – chorando mágoas. Pede de presente a serenidade cerebral, a frieza para deletar momentos e pessoas.
Já a mente anda cursando um MBA para aprender sensibilidade (o que será inútil), espontaneidade e o valor do sofrimento. Vê cifras milionárias, calcula-as veloz, mas gostaria de saber o que é amar.
O sôfrego coração não tem noção da riqueza que é sangrar, chorar, ser defeituoso, não ter nascido para memorizar. Apesar de ser invejado, está na sarjeta, implorando por uma luz no fim do túnel.

DiogoArrais

Compartilhe este texto
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
Comente pelo Facebook