26 de agosto, 2015

Mulher Odeia Gente Clichê

IMG_7382
No quesito inteligência e sensibilidade, não tenho coragem de desafiar uma mulher. Mulher odeia o óbvio, odeia a mensagem comum, a conversa sem força, a pegada gélida.
Hoje entendo o porquê de não ter a resposta no WhatsApp, quando uso a frase besta do “Oi! Tudo bem?”ou “Saudade!”. Isso é obviedade destruidora e, literalmente, broxante.
Desde muito nova, a mulher se emociona, é velha amiga do abraço, adora a palavra e tem livre trânsito com a gentileza. Mulher é a parte nobre em um mundo semicaótico (para ser brando com o prefixo).
É tão inteligente que, ao se dirigir a ela, não adianta ser excessivamente doce; cavalheirismo não pode ser confundido com a ineficiente “babação”. É preciso mais que algumas rimas com “amor”, “calor” e “sabor”.
É à altura de uma mulher a frase bem-pensada, com a qual se busque o acrescentar ao cotidiano dela. Ela busca, mesmo que seja na amizade, a verdade e o “não jogo”.
Ela não quer o diálogo bruto; quer algo que a leve ao riso. Não aquela piada do grupo dos pescadores, mas a sátira saudável ao cotidiano. Diante de qualquer situação, uma mulher pode ser má, sendo boa; pode ser boa, sendo muito má.
É a mulher, caro leitor! A inatingível inteligência para o cérebro masculino, que pensa bem próximo dos joelhos (e suas óbvias articulações).
Que não se venha com essa de “Vamos fazer algo? Você gosta de filme?”! Ela quer a exclamação sobre o enredo, a organização das personagens e beijos nada medrosos. Se quisesse o oposto, ela responderia à imensa lista de pretendentes em seu telefone celular.
Não tente fazer metáforas com mulher, pois todas serão literais e capazes de arruinar o pouco que você – às vezes – já conquistou. Nada de “mulher é como…” e “as mulheres são…”. Basta saber que mulher é mulher e ponto.
Por isso, quando percebe o respeito alheio, ela admira, é fiel, perdoa, professa cuidados e recria mundos.
DIOGO ARRAIS
@diogoarrais e @mesmapoesia

Compartilhe este texto
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
Comente pelo Facebook
6 Comentários
  1. Iscy  26/08/2015 - 23h59

    Verdade, nós preferimos sempre a verdade.

  2. Sabrina  27/08/2015 - 10h04

    Adorei a parte da “frase besta do “Oi! Tudo bem?”ou “Saudade!”. Captou toda a mensagem! Hahahaha

  3. Elisangela  27/08/2015 - 14h16

    O que dizer do texto?

    No mínimo, perfeito!

    E ainda generalizam dizendo que os homens não entende as mulheres. Toda regra tem exceção!

    Mais uma vez, parabéns!

  4. cassia nakamoto  30/08/2015 - 09h32

    perfeito !!!

  5. Thainah Lourenço  06/09/2015 - 02h11

    Maravilhoso!
    Tão direto que chega a ser romântico!
    Ai meu coração! hahahaha
    Falou tudo :))

    Beijossss

  6. Anaísa  11/09/2015 - 20h36

    Assunto polêmico! Tarefa difícil! Bj