05 de dezembro, 2017

que horas são

alarm-clock-2175382_960_720

que horas são?, desculpa, já não quero saber, o tempo acabou de parar aqui, já não tem mais importância, é desprezo o movimento de rotação dos ponteiros, dos segundos ensandecidos, dos badalares dos sinos em algum lugar do mundo, já não envelheço, tampouco tenho a intensificação de meus cabelos brancos, não preciso me preocupar com aposentadoria, com depósito de parte do meu pobre salário, jogarei meus relógios fora, todos eram falsos, porque eu sempre odiei ter horas verdadeiras, envelhecer é uma desgraça ao sol do meio-dia em uma praça tórrida de Dubai, apesar de respeitar a visão de alguns semifilósofos de que o tempo é o senhor da razão, eu sempre argumento que o melhor momento é o tal do agora, imagine!, tudo é agora, não existe ontem, nem amanhã, apenas o “stop!” agora, ei! agora!, nada mais, seria muito mais astral, não haveria aquela inquietação de ter que se preocupar, ansiar-se seria igualmente inexistente, a vida, uma espécie de vácuo, o amor pautado pelo agora, tudo seria construído pelo já, ninguém iria embora, nenhum produto perderia validade, espera não ocorreria, nem as filas chatas no supermercado, tampouco no trânsito e num piscar de olhos seria a existência.
às vezes ando me questionando mesmo o que é o tempo, se ele de fato existe ou se os homens inventaram-no a fim de não entendermos as brevidades de fatos e ações.
com a ciência do tempo, muitos nem mesmo hão de pensar na poesia, outros só dirão que é preciso pensar no futuro, e gente muito invejosa da pseudofuncionalidade dos calendários dirá que somos e estamos em futuro, uma ova! não há atraso, atrasado é um rebelde nato, um artista temporal, atrasar-se é uma maneira de ir de encontro aos rótulos britânicos de ou diminutos, antecipar-se – então – é uma das mais nobres formas de dar de bananas às convenções, é como quem dorme mais ironizando o tempo: é um literato das cobertas, porque sabe ele que o tempo é relativo.

Compartilhe este texto
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
Comente pelo Facebook