05 de dezembro, 2016

Valentia

valiente-420x281

Valentia mesmo
é degustar um verso por inteiro
é deitar-se apaziguado
é viver sem estar enclausurado
é conjugar sem medo do errado
é beijar seu cheiro

Valentia mesmo
é aplaudir o afinado
é enfrentar o desconcertante
do mundo errante (posto que apaixonante)
em busca de significado

Valentia mesmo
é se entregar na íntegra
é querer ser água límpida
para tê-la feliz ao meu lado

Valentia mesmo
é correr pelos campos
é entender duas formigas
que são como eternas amigas
em labor sincronizado

É ser latido
É ser mugido
É ser cacarejo
É ser grunhido
Jamais calado

Valentia
é estado de sinfonia
uma espécie de magia
quando se cheira à alegria
havendo o simples maravilhado

DIOGO ARRAIS
www.youtube.com/mesmapoesia

Compartilhe este texto
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
Comente pelo Facebook