19 de setembro, 2016

VOLTA, VAI?

 

É ruim acordar e não te ver

Quero sonhar acordado contigo aqui

Rir Beijar, Abraçar e…

Me apaixonar

Volta, vai?

Ter de novo teus poemas no olhar

Teu jeito de nuvem que ri

Tua lágrima de saudade

Teu jeitinho de amanhecer amor

Volta, vai?

Tô vestido de pedido de desculpa

Com ações para me redimir

Tenho sede de teus lençóis de paz

Das tantas belezas que você atrai

Volta, vai?

Me faz nascer de novo

Teu cheiro, flor, é só amor

Sem-fim

Chega de dor

Perdão!

Volta, vai!

DIOGO ARRAIS
Insta: @canalmesmapoesia
www.youtube.com/mesmapoesia – INSCREVA-SE

Compartilhe este texto
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
Comente pelo Facebook